Lisboa é uma cidade “cheia de personalidade”. A opinião é da cadeia televisiva norte-americana CNN, que colocou a capital portuguesa na lista das “10 cidades mais subvalorizadas do mundo”.

Lisboa é uma cidade “cheia de personalidade”. A opinião é da cadeia televisiva norte-americana CNN, que colocou a capital portuguesa na lista das “10 cidades mais subvalorizadas do mundo”, ou seja, das cidades que merecem mais do que uma passagem apressada por parte dos turistas.

A compilação de cidades, que tinha sido inicialmente publicada em 2012 e que a CNN actualizou a semana passada, tem como objectivo destacar lugares que são “centros criativos, plenos de vivacidade, sustentados pelos habitantes locais” e que tendem a ser “negligenciados” pelos viajantes “devido à proximidade de destinos mais populares”.

Lisboa aparece no 6.º lugar da lista da CNN, que assegura que, embora os turistas tenham tendência a escolher, com mais frequência, cidades como Paris ou Roma para as suas férias, a capital de Portugal “é merecedora de uma visita”. “[Lisboa] é cheia de personalidade e rodeada de belas praias, livres de multidões, o que a torna uma boa alternativa ao muito turístico Algarve”, escreve a cadeia televisiva norte-americana.

A CNN destaca, entre os pontos de interesse da capital, o Museu Calouste Gulbenkian, “um dos melhores museus” do mundo, que “alberga uma coleção de arte egípcia, grega, românica, islâmica, asiática e europeia”, bem como a Torre de Belém, “imagem de marca da cidade”. Os pastéis de nata, “iguaria doce e macia” pela qual Portugal é muito célebre, também merecem uma chamada de atenção por parte da CNN, que afirma que “os melhores da cidade podem ser encontrados na Antiga Confeitaria de Belém”, explicando que a receita tem já 170 anos de existência e que os pastéis “terão começado a ser vendidos originalmente no Mosteiro dos Jerónimos”.

Da lista compilada pela CNN fazem parte outros nove destinos turísticos, entre os quais Queens, em Nova Iorque, EUA, Bergen, na Noruega, San Juan, em Porto Rico, Darwin, na Austrália, Isfahan, no Irão, Glasgow, na Escócia, Hoi An, no Vietname, Calgary, no Canadá, e Durban, na África do Sul. Clique AQUI para aceder ao artigo publicado no site da cadeia televisiva norte-americana (em inglês).

 

Por Boas Notícias, 03 Junho de 2014