O prestigiado jornal Financial Times acaba de publicar um artigo onde elogia os sonhos californianos que, atualmente, se estão a concretizar na capital portuguesa.

O prestigiado jornal Financial Times acaba de publicar um artigo onde elogia os sonhos californianos que, atualmente, se estão a concretizar na capital portuguesa. O destaque vai para as ‘startups que têm vindo a nascer em Lisboa e que fazem com que a cidade seja comparada a São Francisco, nos EUA, pela forte aposta no empreendedorismo.

“Lisboa e São Francisco têm vários atributos físicos em comum: ambas as cidades assentam sobre colinas, são percorridas por elétricos e atravessadas por pontes suspensas em ferro vermelho”, introduz o jornalista Jonathan Moules. As atenções passam também na boa qualidade de vida oferecida, a um custo de vida inferior comparativamente com o resto da Europa.

Enquanto cidade altamente “multicultural, em grande parte graças ao seu passado imperialista”, Lisboa começa a ganhar ainda mais destaque com o que está a acontecer entre as suas sete colinas: a abertura de ‘startups’. As mesmas consistem em pequenas empresas, embrionárias ou ainda em fase de constituição, que recebem apoios financeiros para a sua criação e primeiros anos de existência.

Com o objetivo de inventivar a apoiar o empreendedorismo tecnológico, comercial e turístico da cidade, as ‘startups’ têm vindo a conqusitar cada vez mais adeptos, quer adeptos quer estrangeiros.

“Em Lisboa, é possível alugar um espaço de escritório por menos de metade do valor pedido em Londres”, diz João Vasconcelos, responsável pela Start-Up Lisboa. “Mas mais importante ainda é o haver espaço para pensar” No mesmo artigo, o autor elogia também os novos e bons engenheiros formados pelas universidades locais, como é o caso do Instituto Superior Técnico.

Por Boas Noticias, 26 Março 2014