Lisboa acaba de receber, em Bruxelas, o selo de Cidade Empreendedora Europeia. O prémio distingue as melhores estratégias regionais para a promoção do empreendedorismo e da inovação junto das pequenas e médias empresas.

Esta quarta-feira, o presidente da câmara de Lisboa, António Costa, juntamente com representantes da Irlanda do Norte (Reino Unido) e de Valência (Espanha), obteve de Ramón Luis Valcárcel Siso, presidente do Comité das Regiões da UE, o galardão da Cidade Empreendedora Europeia (EER, sigla em inglês) pela estratégia desenvolvida por Lisboa para fomentar o empreendedorismo e executar políticas europeias fundamentais como a chamada Lei das Pequenas Empresas e a Estratégia Europa 2020 para o crescimento e o emprego.

O júri, composto por representantes das instituições europeias e de associações empresariais, reconheceu especificamente o impacto dos esforços realizados pela capital portuguesa para conquistar uma posição no Atlântico como polo de negócios e cidade de ‘startups’, tirando partido da sua situação geográfica enquanto porta de entrada para as Américas, África e para a União Europeia.

Lisboa reforçou, em particular, o seu estatuto de ‘startup city’ através de uma série de iniciativas como a ‘Empresa na hora’; a Startup Lisboa (incubadora de empresas fundada em 2012 e integrada num projeto de reabilitação urbana

da Baixa lisboeta); o Programa de Empreendedorismo Jovem de Lisboa (que proporciona aos jovens educação e formação); e o Lisbon Challenge (que seleciona um conjunto de ‘startups’ e lhes fornece apoio e orientação).

Durante a cerimónia de entrega do prémio, o presidente Valcárcel Siso sublinhou que a estratégia de Lisboa se destaca pela “pela forma como interliga projetos já existentes em prol do empreendedorismo e da inovação a novas medidas específicas adotadas no âmbito da iniciativa EER”.

Acrescentou igualmente que “a estratégia resultante é um modelo válido para o modo como os municípios e as regiões poderão transformar os objetivos da Estratégia Europa 2020 em ações concretas, adaptadas às necessidades locais”.

Já António Costa destacou o potencial da cidade na área do empreendedorismo, sublinhando que esta tem sido uma prioridade da Câmara Municipal de Lisboa, que lançou uma série de projetos e programas articulados para o efeito.

“Hoje em dia, Lisboa é reconhecida internacionalmente como um destino privilegiado para os empresários e foi apontada pela revista Entrepreneur como uma das melhores cidades do mundo para o empreendedorismo”, disse o autarca.

 

Por Boas Noticias, 26 Junho 2014