Os governos português e canadiano vão assinar um acordo sobre mobilidade para estudos e trabalho de jovens entre os 18 e os 25 anos, disse à agência Lusa o secretário de Estado das Comunidades.

José Luís Carneiro falava à Lusa antes de o primeiro-ministro participar numa recepção no Centro Português Recreativo Lusitânia, em Otava – o primeiro ponto de uma visita oficial de quatro dias de António Costa ao Canadá.

Sobre o elevado número de cidadãos indocumentados e os atrasos relacionados com os serviços de Segurança Social, José Luís Carneiro defendeu que todas estas questões “têm sido objecto de tratamento sistemático” por parte do actual Governo e salientou que a visita oficial ao Canadá do primeiro-ministro permitirá “dar um passo significativo ao nível da mobilidade de cidadãos”, sobretudo dos mais jovens.

“No que respeita à Segurança Social, a questão terá uma evolução com uma declaração comum dos governos de Portugal e do Canadá”, adiantou o secretário de Estado das Comunidades.

Quanto ao assunto relativo aos cidadãos indocumentados, José Luís Carneiro afirmou: “Temos mantido um diálogo permanente com o poder legislativo e com o ministro da emigração canadiano. É uma questão complexa. Já há medidas de flexibilização para a sua regularização”.

José Luís Carneiro, acrescentou que, durante a visita do primeiro-ministro ao Canadá, serão também adoptadas medidas para o reforço do ensino da língua portuguesa.

 

Por Público e Conselho da Diáspora Portuguesa, Maio de 2018 

Related Articles