O português António Vitorino foi eleito diretor-geral da Organização Internacional das Migrações (OIM).

António Vitorino foi eleito por aclamação para um mandato de cinco anos, derrotando na quarta ronda a costa-riquenha Laura Thompson, vice-diretora-geral da OIM.

Na terceira ronda foi afastado o terceiro candidato, Ken Isaacs (EUA), interrompendo a eleição sucessiva de um norte-americano para aquele cargo no último meio século.

A eleição de António Vitorino ocorre ano e meio após a posse do também português António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas.

“A eleição de António Vitorino aumenta a nossa visibilidade internacional” e, numa altura em que “nunca se falou tanto de migrações como agora”, o novo diretor-geral da OIM “pode dar um contributo muito importante para a resolução desse problema”, afirmou ao DN o embaixador Martins da Cruz, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros.

António Vitorino deverá tomar posse no próximo dia 01 de outubro, quando terminam os cinco anos do segundo mandato do atual diretor-geral da OIM, William Lacy Swing.

 

Por Diário de Notícias, Junho de 2018

 

Related Articles