“O Conselho da Diáspora é muito importante, porque é uma forma de estar simultaneamente cá dentro e lá fora”, afirmou o Primeiro-Ministro, na recepção aos Conselheiros de Portugal no Mundo, no dia 20 de Dezembro de 2018, no Palácio de São Bento em Lisboa.

Tal como em anos anteriores, os Conselheiros de Portugal no Mundo foram recebidos em São Bento, pelo Primeiro-Ministro António Costa, no Palacete de São Bento, onde, para além de António Costa, discursaram também o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Vice-Presidente Honorário do Conselho da Diáspora, Augusto Santos Silva, e o Presidente da Direcção do Conselho da Diáspora, Filipe de Botton.

António Costa referiu na sua intervenção, tal como noticiado pela agência Lusa, que, para um primeiro-ministro de Portugal, é sempre “ambivalente” ter tantos portugueses em posições de destaque em multinacionais, em prestigiadas universidades estrangeiras e em organizações internacionais, porque, em paralelo, o objectivo nacional deve passar também pela atracção dos melhores quadros.

“O Conselho da Diáspora é muito importante, porque é uma forma de estar simultaneamente cá dentro e lá fora. A atracção de talentos é um factor decisivo nesta economia global. Não seremos competitivos se não conseguirmos recrutar. Por isso, temos de fazer colectivamente um esforço grande para a atracção de talentos”, sustentou o primeiro-ministro.

A recepção em São Bento antecedeu o 6º Encontro Anual do Conselho da Diáspora que se realizou no dia a seguir, no Palácio da Cidadela, em Cascais.

Por Conselho da Diáspora Portuguesa, Dezembro de 2018

Related Articles