O prémio, que distingue anualmente duas mulheres formadas pelo Instituto Superior Técnico que se tenham destacado na sociedade civil e na vida académica, premeia este ano Manuela Veloso, Conselheira da Diáspora, na categoria Role Model, e Mariana Araújo, como Young Alumni.

O Instituto Superior Técnico (IST) atribuiu, por unanimidade do júri, o Prémio Maria de Lourdes Pintasilgo, na categoria Role Model, a Manuela Veloso. A ex-aluna do IST foi distinguida “pelo valor das suas contribuições científicas, forte projeção internacional e a forte ligação que tem mantido a Portugal e ao Instituto Superior Técnico, desde a sua graduação em Engenharia  Eletrotécnica e de Computadores no IST, como professora da Universidade de Carnegie Mellon e na sua atual posição de Diretora do Departamento de Investigação em Inteligência Artificial do J. P. Morgan”.

Na categoria Young Alumni, a vencedora foi Mariana Araújo, distinguida “em reconhecimento do seu percurso académico exemplar, do envolvimento em atividades científicas inseridas na comunidade do IST e da sua notável progressão académica, que culminou na sua dissertação de mestrado em Física Tecnológica intitulada “Phenomenology of a single right- handed neutrino seesaw model”, com uma classificação final de dezanove valores”.

O Prémio Maria de Lourdes Pintasilgo foi instituído em 2016 com o objetivo de promover a relevância da igualdade de género no IST, e reconhecer o papel crucial que as mulheres desempenham em todas as áreas da Engenharia, galardoando duas mulheres formadas pelo IST, uma ex-aluna que tenha completado o ciclo de estudos há mais de 15 anos e uma recém-formada que se tenha destacado pelo seu percurso académico e pela qualidade científica da sua dissertação de mestrado.

 

 

Por Executiva, Fevereiro de 2019

Related Articles