A presidente da NYPALC e Conselheira da Diáspora, Isabelle Coelho-Marques, juntou-se executivo de Westchester, na Fundação Generoso Pope, em Tuckahoe, para a assinatura da Lei de Ordem Executiva de Acesso à Língua no condado.

Com a nova Lei de Ordem Executiva de Acesso à Língua, os departamentos do condado de Westchester que providenciam serviços diretos ao público irão traduzir os documentos vitais, incluindo documentos públicos essenciais como formulários e instruções dadas ou completadas por beneficiários, clientes ou participantes das seis línguas mais faladas no condado de Westchester, de acordo com os mais recentes censos dos Estados Unidos – espanhol, italiano, chinês, francês (incluindo o crioulo do Haiti), árabe, tagalo, japonês, albanês e português.

«É um feito histórico para as comunidades da língua portuguesa no condado de Westchester e outro exemplo do trabalho de advocacia desenvolvido pela NYPALC», afirmou Isabelle Coelho Marques.

A NYPALC agradeceu a George Latimer pela visão e liderança e por assegurar que as comunidades podem ser melhor servidas sem fronteiras linguísticas, ao legislador David Tubiolo, pelo seu apoio “valioso” e ainda ao conselheiro Paulo Martins, presidente do Conselho Regional da América do Norte (CRAN), pela ajuda neste momento histórico da língua portuguesa em Nova Iorque.

«Cerca de 30% dos residentes do condado de Westchester têm limitações no inglês, o que cria verdadeiros desafios no que toca ao acesso a programas que promovem a segurança, a saúde e o sucesso económico dos que chamam casa a Westchester. Esta ação irá ajudar a ultrapassar estas barreiras e permitir aos nossos vizinhos continuar a prosperar nos seus quintais. Quase todos os residentes de Westchester conseguem traçar a sua linhagem até ao tempo em que os seus antecessores eram imigrantes e esta Ordem Executiva procura não fechar a porta atrás de nós», afirmou George Latimer.

«Nos últimos 15 anos, temos trabalhado com parceiros para expandir o acesso à linguagem em Nova Iorque (City e State), Suffolk e Nassau Counties, e estamos orgulhosos por acrescentar Westchester a essa crescente lista. Demolir barreiras linguísticas é o crítico primeiro passo para construir confiança entre os governos locais e as comunidades que eles servem» realçou Steven Choi, diretor executivo da Aliança de Imigração de Nova Iorque.

 

Por IILP – Instituto Internacional da Língua Portuguesa, Março de 2019

Related Articles