Alexandre Tavares da Novartis Singapura e Manuela Ferro do Banco Mundial, falaram com a RTP sobre qual o papel de um Conselheiro de Portugal no Mundo.

“É como se fosse uma magistratura de influência, a ideia é promover Portugal junto dos países onde trabalhamos. Costumamos dizer que nós somos os melhores embaixadores de Portugal porque efectivamente estamos junto da sociedade e da economia nos países onde residimos”, referiu o Conselheiro da Diáspora, Alexandre Tavares, que está há um ano em Singapura e é responsável na Novartis pela Ásia e Pacífico, Médio Oriente e África.

Manuela Ferro, que reside nos Estados Unidos da América e é vice-presidente de operações no Banco Mundial, partilhou que um Conselheiro da Diáspora pode reflectir sobre como “proporcionar mais informação a empresas portuguesas para serem mais competitivas no exterior”.

Por Conselho da Diáspora Portuguesa/RTP, Janeiro de 2019

Related Articles