O Conselho da Diáspora Portuguesa inaugurou a 1ª edição do EurAfrican Forum em Cascais, a 10 de Julho de 2018, reunindo líderes europeus e africanos, com o tema “Construir parcerias para a mudança”.

O encontro, que se realizou no Centro de Congressos do Estoril, sob o Alto Patrocínio do Presidente da República e do Governo de Portugal, teve como responsáveis José Manuel Durão Barroso (Chairman do EurAfrican Forum) e Filipe de Botton (Presidente da Direcção do Conselho da Diáspora Portuguesa). Participaram no evento empresários, influenciadores, empreendedores, políticos, embaixadores e representantes das novas gerações que se juntaram Cascais para explorar as potencialidades dos dois blocos geográficos, tendo em vista um desenvolvimento sustentável e que vise a melhoria objetiva da qualidade de vida dos povos.

A 1ª edição do EurAfrican Forum decorreu em torno de quatro painéis principais:

Confiança: Como é que podemos fomentar a confiança e inspirar os jovens, desenvolver as suas capacidades empresariais e explorar o potencial das gerações futuras? Como oradores participaram Christian Kamayou, CEO do MyAfricanStartUp (França/Camarões); Sophia Bekele, Fundadora & CEO do CBS International e do DotConnectAfrica Group (Etiópia); Ziad Oueslati, Director e Co-Fundador do AfricInvest (Tunísia). A moderação esteve a cargo de Gameela Ismail, política e activista (Egipto).

Partilha de Recursos: Como é que a partilha de recursos e infraestruturas entre a Europa e África pode criar um ‘efeito multiplicador’? Os oradores foram Kola Karim, CEO da Shoreline Energy Group (Nigéria); Manuel Mota, CEO da Mota-Engil África (Portugal); Miguel Azevedo, Head of Investment Banking para o Médio Oriente, África e Portugal no Citigroup (Portugal/Reino Unido). A moderação esteve a cargo de Pedro Camacho, Director de Informação da Lusa (Portugal).

A Quarta Revolução Industrial: Será a quarta revolução industrial uma grande oportunidade para implementar novos modelos de cooperação?”. Com oradores como Alexander Thomson-Payan, Presidente & Fundador do TGI Group (Angola); Amrote Abdella, Directora Regional of Microsoft 4Afrika Initiative (Quénia); Hitesh Anadkat, Presidente do First Merchant Bank (Malawi); Thomas Chalumeau, Chief Strategy Officer e Exco member Orange MEA, GSMA Utilities Champion (França). A moderação foi realizada por Aubrey Hruby, Co-Fundadora do Insider e da Africa Expert Network (AXN).

O Papel da Diáspora: Que papel poderá a diáspora representar no reequilíbrio e no avanço do espaço Euro-Africano?”. Os oradores foram Minna Salami, Fundadora do blogue feminista Msafropolitan (Nigéria/Reino Unido); Pauline Mujawamariya Koelbl, Directora do African Innovation Foundation; Tonjé Bakang, Chief Brand Officer do Anzisha Prize & Fundador do Afrostream (França/Camerões). A moderação esteve a cargo de Sammy Berrahmoun, jornalista do Canal Plus Group.

O evento teve como keynote speakers Mariéme Jamme, Fundadora do I AM THE CODE com o tema “Crafting Coalitions for Change” e Saran Kaba Jones, Fundadora e CEO do FACE Africa com o tema “Building Trust for Strong Partnerships”. Esta 1ª edição contou igualmente com os discuros de Filipe de Botton, Presidente da Direcção do Conselho da Diáspora Portuguesa, Miguel Pinto Luz, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República Portuguesa e Presidente Honorário do Conselho da Diáspora Portuguesa, José Manuel Durão Barroso, Chairman do EurAfrican Forum e, finalmente, com uma mensagem especial de António Guterres, Secretário-Geral das Nações Unidas.

Para além dos quatro painéis, decorreu durante a hora do almoço dois painéis institucionais sobre “Perspectivas Políticas do Futuro das Relações Europa-África”, moderados pelo ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal e Vice-Presidente Honorário do Conselho da Diáspora Portuguesa, Augusto Santos Silva e com a participação de oito membros de governos africanos: Ministro das Relações Exteriores de Angola; Ministro da Indústria, Comércio e Energia de Cabo Verde; Ministro do Comércio do Senegal; Ministro das Finanças e Planeamento do Quénia; Ministro da Economia e das Finanças; Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros do Egito; Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros da Tunísia; Secretário-Geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Argélia.

Para além do evento principal no dia 10, o EurAfrican Forum foi também palco de outros eventos paralelos e de momentos de parcerias. No dia 9 de Julho o Conselho da Diáspora celebrou no Centro de Congressos do Estoril uma parceria institucional com a Lusa, agência de notícias de Portugal, com o objectivo de incentivar um maior contacto entre os portugueses no exterior. Foi também no mesmo dia que teve lugar o painel exclusivo para os média sobre o tema #coalitionsforchange com a participação de 4 bloggers e social influencers, membros da diáspora africana. Este painel debateu a capacitação e empowerment das mulheres Euro-Africanas e o papel e responsabilidade das redes sociais para a construção de uma nova aliança para a mudança. Ainda no dia 9 de julho teve lugar um Cocktail Welcome Drink no Hotel Palácio do Estoril, um evento exclusivo para oradores, convidados VIP e parceiros, e que contou com a participação do Ministro da Economia de Portugal, Manuel Caldeira Cabral, e presença de alguns Ministros Africanos.

O evento produzido pelo Conselho da Diáspora Portuguesa, teve como parceiro consultivo a Richard Attias & Associates, e contou com o apoio do Turismo de Portugal, Mota-Engil, Câmara Municipal de Cascais, Caetano Auto-Toyota-Lexus, Fundação Calouste Gulbenkian, EDP, Omatapalo, MDS Africa, Agência Lusa, Financial Times, JCDecaux, DTV Algerie e France Média Monde.

LEIA AS CONCLUSÕES DOS TEMAS DEBATIDOS AQUI.

A 2ª edição do EurAfrican Forum está marcada para 2019.

Para mais informação visite: www.eurafricanforum.org.

 

Por Conselho da Diáspora Portuguesa, Julho de 2018

Related Articles