É em Portugal que se faz o melhor azeite ligeiro do mundo. Trata-se do azeite verde ligeiro produzido pela Sociedade Agrícola Vale do Ouro, em Ferreira do Alentejo.

Foram conhecidos os vencedores do prémio Mario Solinas, que é o mais prestigiado prémio internacional na indústria do azeite e que é atribuído pelo International Olive Council (Conselho Internacional do Azeite).

Portugal ganhou, este ano, quatro prémios: além do referido primeiro prémio para azeite verde ligeiro à Sociedade Agrícola Vale do Ouro, vêm também para Portugal o segundo lugar para um azeite da Sovena e dois terceiros prémios para a Fitagro e para a Elosua, duas empresas de Ferreira do Alentejo.

São atribuídos três prémios (primeiro, segundo e terceiro lugar) em quatro categorias (azeite verde intenso, médio, ligeiro e maduro).

Espanha foi o único país a igualar Portugal com quatro distinções. Marrocos ganhou duas e a China recebeu um prémio pela primeira vez, com um azeite chinês a ser considerado o melhor azeite maduro do mundo.

Os prémios são entregues em Nova Iorque, a 29 de junho.

 

Por Observador, Abril de 2018

Related Articles